25/07/2017

O velho e o mar - Ernest Hemingway

Recentemente encontrei pelo meu computador um pdf do livro O Velho e o Mar, já havia um tempo em que pensava em ler esse livro mas acabava esquecendo. Eu li ele todo em uma noite, sim, é curtinho, em pdf não chega nem a 100 páginas. Algumas pessoas talvez achem o livro um tanto quanto cansativo, mas a maior parte da história serve para trazer um significado importante.
O Velho e o Mar é um romance de Ernest Hemingway, escrito em Cuba, em 1951, e publicado em 1952. Foi a última grande obra de ficção de Hemingway a ser publicada ainda durante a sua vida, sendo uma das suas obras mais famosas.
Resultado de imagem para o velho e o mar
A história se passa em torno de um velho pescador chamado Santiago. Apesar de muito experiente, Santiago encontra-se numa maré de azar, tendo ficado quase três meses - 85 dias - sem conseguir pescar um peixe.
Santiago possui um jovem amigo, chamado Manolin, que o incentiva a pescar. Na manhã do 85º dia, na sua pequena canoa, Santiago consegue um peixe, de tamanho descomunal (aproximadamente cinco metros de comprimento e 700 kg).
O peixe oferece muita resistência, e arrasta a canoa de Santiago cada vez mais para alto mar. Santiago sofre com o sol cegante e abre feridas nas mãos e nas costas, de tanto lutar com peixe. 

A maior parte da história narra a aventura do velho em alto mar tentando pegar o peixe, pode se tornar bem cansativo mas no decorrer da história vemos a relação que se estabelece entre o velho e o grande peixe, passamos a conhecer melhor o Santiago, a sua empatia e respeito que tem pela natureza.
“FALAM DO MAR COMO DE UM ADVERSÁRIO, DE UM LUGAR OU MESMO DE UM INIMIGO. ENTRETANTO, O VELHO PESCADOR PENSAVA SEMPRE NO MAR NO FEMININO E COMO SE FOSSE UMA COISA QUE CONCEDESSE OU NEGASSE FAVORES; MAS SE O MAR PRATICASSE SELVAGERIAS OU CRUELDADES ERA SÓ POR QUE NÃO PODIA EVITÁ-LO. ‘A LUA AFETA O MAR TAL COMO AFETA AS MULHERES’, REFLETIU O VELHO.” (PÁG. 32)
De acordo com alguns críticos literários, a essência de O Velho e o Mar é a constante luta entre a natureza e o homem, a luta pela sobrevivência exemplificada na batalha de um personagem cativante e solitário contra um peixe em alto mar. Entre outros aspectos, o romance destaca a importância da perseverança e da sorte.
No trecho a seguir, percebe-se a forma simples e poética como Hemingway conduz as ações do romance, as comparações que aludem à natureza, à sorte e ao destino:

"- O peixe também é meu amigo -disse em voz alta. - Nunca vi ou ouvi falar de um peixe desse tamanho. Mas tenho de matá-lo. É bom saber que não tenho de tentar matar as estrelas. Imagine o que seria se um homem tivesse de tentar matar a lua todos os dias", pensou o velho. "A lua corre depressa. Mas imagine só se um homem tivesse de matar o sol. Nascemos com sorte”.

Spoiler
Quando o pescador consegue pegar o peixe, ele o amarra ao lado da canoa (o peixe é maior que a canoa haha), só que de repente começa a vir tubarões. Santiago faz o possível para defender o peixe, mas quando ele sai do mar resta apenas a carcaça. Só que ele passa a ser respeitado pelos outros pescadores que observam o tamanho do pescado e entendem que o velho não é um simples velho, mas um homem estranho que conseguiu superar as dificuldades e superar a si mesmo, lutando contra a natureza e saindo vitorioso.


Existem momentos em que somos só nós e a vida, e em tais momentos, nossa crença em nós mesmos é o que mais importa.


Músicas



Animação


Esta é uma história que nos mostra um tipo de humano que é raro existir. Santiago quer ser merecedor de matar o peixe, por isso que ele tem apenas ferramentas muito simples no seu barco. O peixe é seu amigo, e ele precisa lutar pra conseguir derrotá-lo. Atualmente é brutal como a pesca anda sendo feita, em alguns lugares ainda predomina essa simplicidade de Santiago, mas em outros cantos a pesca, de fato, se tornou brutal. Uma catástrofe.


Pdf na biblioteca

4 comentários:

  1. Gostei muito, já quero ler esse livro, vou baixar. Ótima dica! Beijos.

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  2. Não sei como poderei descrever sua resenha, apenas posso dizer que foi uma das melhores resenhas que já li, simples, didática e muito bem colocada, fez com que eu ficasse com bastante interesse de ler, e fiquei imaginando e refletindo sobre este texto que tu colocou do livro, realmente somos de muita sorte, nós (estou a me incluir) somos seres egoistas e iriamos querer destruir tudo e mais um pouco de nossa natureza (já fazemos) então, temos muita sorte de não podermos pegar as estrelas, lua, sol e todos os planetas que existem.
    "Existem momentos em que somos só nós e a vida, e em tais momentos, nossa crença em nós mesmos é o que mais importa." essa frase define bem o que preciso, notaste que meu ultimo post em meu blog falava sobre isso, solidão, e em outros a respeito de descrença em mim mesma, acho que a vida ultimamente anda me dando muito tapa na cara, não é a primeira vez que leio/ouço/assisto algo a respeito de acreditar mais em mim mesma e na vida e nao desistir.. acho que o universo anda querendo me dá um empurraozinho, falta eu tomar vergonha na cara e me levantar e ir a luta.

    bjs

    www.inocentementeingenua.net/

    ResponderExcluir
  3. Oiii Amanda, tudo bem?
    Ainda não conhecia esse livro. Achei muito interessante, mesmo sendo de outro século, ainda nos trás detalhes importantes sobre o que passamos nos dias de hoje, dessa relação do homem com a natureza.
    Beijos, Tau
    versos-de-inverno.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Já li alguns excertos mas o livro todo não...
    Gostei muito do blog, já sigo, segue de volta?
    Bom post,beijinho :)

    missweetie.blogspot.pt

    ResponderExcluir

Hey! Me deixa um comentário, pode ser no anonimo.
Obrigada pela visita! ^^

♥ ♡ ♩♫♭♪♬ (∩˃o˂∩) (≧∇≦) ~ヾ(^∇^) (ノಠ益ಠ)ノ彡┻━┻ ┬──┬ ノ( ゜-゜ノ) ಠ_ಠ ( ̄。 ̄)~zzz ʘ‿ʘ ಥ⌣ಥ (づ。◕‿‿◕。)づ ヽ(゜∇゜)ノ∑(゜Д゜;) (´・ω・`)( ;´Д`)┐(‘~`;)┌ ( ゚д゚) ☜(⌒▽⌒)☞ (ノ◕ヮ◕)ノ*:・゚✧ ( ・_・)ノ⌒●~* ヽ(*´∀`)人(´∀`*)ノ (`・ω・´)9 (;一_一) ( ̄▽ ̄) ( ͡° ͜ʖ ͡°) (◡﹏◡✿) (⊙﹏⊙✿) (◕﹏◕✿) (◕‿◕✿) (◕︿◕✿) (◡‿◡✿) (⊙‿⊙✿) (⊙︿⊙✿) (⊙△⊙✿) (◡△◡✿) (◕△◕✿) (◠△◠✿) (◕ω◕✿) (⊙ω⊙✿) (◡ω◡✿) (◠ω◠✿) (◠︿◠✿) (◠﹏◠✿) (◠‿◠✿) ★~(◡‿◡✿) ★~(◠‿◕✿) (◡△◡✿) (ノ◕ヮ◕)ノ (ノ◕ω◕)ノ ヽ(゜∇゜)ノ (´・ω・`) ∩(︶▽︶)∩ ( ´ ▽ ` )ノ (・∀・ ) ( ̄(エ) ̄) (✪㉨✪)(╹ェ╹)╮(─▽─)╭ (•⊙ω⊙•) ( ´∀`)☆ (≧ω≦) ( ^▽^ ) (✿◠‿◠) (◡‿◡✿) (◕‿◕✿) (≧◡≦) (¬_¬) (◑‿◐) ✖‿✖ (╥_╥) (╯3╰) (¬‿¬)
(∪ ◡ ∪) (≧ω≦) o(≧o≦)o (─‿‿─) (︶︹︺) (∩︵∩) (。◕‿◕。) (~ ̄▽ ̄)~ (︶ω︶)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...