14/01/2020

2020! :)

Há uma liberdade interior que arrepia com intensidade todos os meus devaneios confusos. Ela se manifesta timidamente quando se sente confortável, percebi que gostas de estar rodeada por aquilo que sussurra por entre os caminhos infinitos da existência. Sua expressividade é voraz e anti-social, atinge com temperamentos ansiosos algumas das preces de paz que ousei clamar.  Esta liberdade é como um pássaro azul preso em uma gaiola de vidro, sua tonalidade cintila com seu humor desordenado, em um piscar de olhos pode estar ressoando radiante como o céu de uma manhã ensolarada ou totalmente assustado como os temores que assola o mar em noites longas e frias de tempestade. Entretanto, esta dualidade ascende uma inspiração utópica. Desfragmentada, consigo sentir o clamor pela vida que este pássaro azul expressa nos meus mais inimagináveis sonhos. Seu bater de asas fascina o olhar mais severo e acalenta o coração mais frio, ele sorri como se carregasse o peso do mundo que ostenta apenas o que há de mais belo na vida. Em sua ascensão, ele ambiciona  por sentir cada vez mais as abstrações timidas e amedrontadas que existe na realidade, a imaginação que reverbera nesta liberdade tão solitária é mais sincera que o encaixe de uma peça no quebra-cabeça, e mais feliz que as fotografias disfarçadas de alegrias. Chegará um dia que o pássaro azul poderá finalmente voar pelo mundo sem sua invisibilidade? Por enquanto, deixo-o apenas comigo, sou apaixonada por sua companhia tão assustadoramente agraciada pela imaginação.

que mais de nós possamos encontrar nosso pássaro azul para libertamos um dia com toda intensidade que ele merece. 
não se deixe enganar, confia no que há de bom em ti.

"Que minha solidão me sirva de companhia
Que eu tenha a coragem de me enfrentar
Que eu saiba ficar com o nada
E mesmo assim me sentir
Como se estivesse plena de tudo."
- Clarice Lispector

23/12/2019

Endangerhood - Identidade coletiva de arte e histórias


O que acho mais interessante das redes sociais é justamente a abrangência no compartilhamento de diversas vertentes do conhecimento e também a disparidade de projetos lindos que as pessoas espalham pela internet, afim de divulgar suas próprias expressividades em meio a este mundo virtual. Encontrei recentemente pelo instagram um perfil chamado endangerhood no qual continha um apanhado de artes no estilo que curto bastante. Abri um dos posts e quão grandiosa foi minha surpresa por saber que os videos curtinhos publicados possuíam tradução para outros idiomas, inclusive para o português!


Originalmente, Ryan (idealizador do projeto) criou este perfil apenas para seu uso pessoal, no qual compartilharia sobre si e seus filhos. A ideia era postar também assuntos relacionados sobre ajudar animais e o meio ambiente. Porém, como ele viaja muito e seus filhos nem sempre querem estar nos videos, sentiu então a necessidade de encontrar alguma saida criativa no qual pudesse realizar em APENAS uma hora, já que ele é pai e tem um emprego, precisaria se dedicar também a suas outras responsabilidades.
Então, como Ryan trabalha com realidade virtual e está sempre atento a respeito de animações, acabou encontrando o Adobe Character Animator e começou sua produção criando videos para os seus filhos. Ele viu que esta ideia era sensacional, pois acabou ficando legal :) Foi ai que resolveu expandir um pouco mais.
No seu primeiro video contando um pouco sobre como se sentia,  ele percebeu que seria uma otima oportunidade abrir espaço para que outras pessoas fizessem o mesmo, enviando suas histórias para que elas pudessem ganhar um pouco de vida através da arte.

Segundo Ryan, as pessoas nos EUA costumam não assistir tanto seus videos, sua popularidade é mais expansiva e atinge diversos lugares pelo mundo afora, especialmente o Brasil, Argentina e Rússia.
Foi aí que ele começou a traduzir os videos, começando pelo espanhol, isto deu margem para que o seu belissimo projeto pudesse ser inclusivo e com boas possibilidades para atingir diversos lugares.

O endangerhood se tornou uma identidade coletiva criada ao animar a arte com histórias de pessoas de todo o mundo.

Caso você tiver interesse em contribuir no projeto você pode acessar este link e escolher sua forma de contribuição. Há algumas alternativas legais como por exemplo, atuar na contação de histórias ou enviar sua própria mensagem :) Vale muito a pena conhecer este trabalho tão bonito! ❤