03/04/2017

O Plano - Yana e Elian | Contos de Shadowtrous

Imagem de fire, love, and water
Eles continuavam correndo freneticamente pela floresta da meia-noite. 
Com a respiração ofegante, os dois tentavam escapar daquela monstruosa criatura que tentava lhes separar e destruir a Magia. A todo momento, a mente de ambos era bombardeada por preocupações referentes a esse temor que assolava o mundo de Shadowtrous. Criaturas de todos os tipos tentavam pôr um fim aos Imaginantes, lutavam por uma revanche que a anos não conquistavam.

Nenhuma estrela era visível e o único som que se escutava era das pesadas pegadas que perseguiam os dois Elementais, enquanto fortes rugidos eram soltos e ecoados pela vasta escuridão da meia noite. Não dava para ouvir o barulho das batalhas que sucedia pelas cidades e campos, nem mesmo o silencioso grito dos trous que penetrava a mente nos seus momentos de angustia havia se manifestado. A Magia da floresta era poderosa, e ninguém jamais conseguiu descobrir os segredos que a rodeava. Nem  mesmo os mais bravos aventureiros de Shadowtrous sequer pensavam em adentrá-la. Reza a lenda que os únicos que sabem de algo são os Lendários.


Por conta do destino, Yana e Elian estavam ali, eles corriam com a respiração ofegante, torciam para que encontrassem logo as árvores divinas no meio daquele desconhecido. O Plano daria certo?
Yana, coberta por chamas, começava a deixar transparecer sua ansiedade...Os dois nunca tinham entrado naquele lugar misterioso, como poderiam saber para onde estavam indo?
Elian, com dificuldade, tentava organizar seus pensamentos. Mas no meio daquela fuga era impossível se concentrar em mais de uma coisa.
A chama da garota ia aumentando cada vez mais e Elian resolveu tomar uma atitude:
-Vamos precisar distrai-lo, necessitamos acalmar os pensamentos para que dê tudo certo. Senão, estamos todos arruinados. -Diz o garoto ofegante enquanto se desviava de galhos com espinhos venenosos.
-Sim, é a melhor alternativa que temos no momento... -Yana tenta recuperar a respiração ao mesmo tempo que pula pelos buracos lamacento do chão -Se continuar assim, irei destruir esta floresta com meu fogo. Ainda não possuo tanto autocontrole como vocês.
-É, estou percebendo. Pensei em talvez nos separar-mos, porém, mal conhecemos este lugar. É capaz de nos perder-mos.
-Elian, precisamos tentar. Se fosse para destruir essa criatura tudo isso seria mais fácil, porém, precisamos dela viva não é mesmo?Hey, ali tem um rio!! Olha só!! -Yana aponta para o lado direito da floresta enquanto os dois continuam correndo e se desviando dos obstáculos.
-Uou! Genial! Já entendi. Posso mergulhar nessas águas e percorrer o rio, preciso fazer com que o monstro me siga enquanto você continua correndo. Fique por perto Yana. Irei conseguir ver suas chamas mesmo de longe, logo depois nos encontraremos novamente. Já está por dentro da idéia?
-Claro que sim, seu mandão! Vamos lá.

Yana com suas chamas corre pela floresta escura, enquanto Elian da uma pausa para que o monstro o perceba:
- Hey criatura das trevas, você nao se cansa? 
Aquela monstruosa criatura solta um rugido tão alto que Yana, já longe de Elian, para um pouco meio preocupada, mas resolve seguir seu caminho quando escuta aquele grito de animação que o garoto sempre solta quando se empolga em uma aventura.


Ele começa a correr com aquele monstro bem perto, por onde passa Elian deixa rastros de agua que acabam vez ou outra desequilibrando a criatura. Por um momento se sente perdido e um pavor o toma conta de si ao ver que não consegue encontrar o rio. Porém, isso passa. Logo ele sente aquelas águas correrem um pouco mais a sua frente. Que sensação mais estranha... Nunca tinha sentido algo assim, não conseguia distinguir se aquele poder que ali continha era bom ou ruim, mas deixou esse pensamento de lado, havia um combinado e ele precisava fazer sua parte para conseguir passar por aquilo e realizar o Plano. Quando o monstro ia pular em cima de Elian para prendê-lo, o jovem Elemental deixou de ser aquele rapaz humano e se transformou em um corpo formado por agua enquanto adentrava as profundezas do misterioso rio junto com aquela criatura a seu encalço.

Assim que sentiu aquelas aguas mágicas, Elian estranhou a sensação e chegou a ficar meio confuso, porém, ele se normalizou e seguiu o fluxo do rio com muita vivacidade, ele sentia cada molécula daquele magnifico elemento, sentiu o incrivel poder que os Imaginantes mais velhos do Reino possuiam. Quanto poder!


O monstro, por ser uma criatura de outro mundo e encantada, continuava seguindo Elian sem parar por um momento, enquanto ainda soltava seus rugidos cada vez mais forte. Os dois Elementais não sabiam o que era aquilo que os perseguia, não haviam reconhecido aquele ser e não sabiam a origem daquela criatura que fugiam.

Elian soltava seus gritos de animação enquanto nadava de uma forma surpreendente pelas águas, até que ele viu na sua esquerda uma luz que corria pela escuridão quase na mesma velocidade que ele.
A esperança da conquista do Plano ia aumentando cada vez mais.
A luz começava a chegar mais perto do rio, e Elian já podia distinguir melhor a forma feminina de Yana...Como ela estava linda correndo com tanta bravura pela floresta da meia-noite...


Elian precisava pensar em algo para que o monstro se distraísse e os dois ganhassem tempo. Até que a garota gritou olhando em sua direção:

-Elian, o fim!


De começo o garoto ficou confuso. Fim? Do que ela está falando? Mas logo se tocou. Os Lendários contam sobre o rio da floresta da meia noite que tem um fim pra lá de esdruxulo e misterioso. Elian e Yana precisavam fazer algo rápido, a criatura monstruosa já estava ficando pra trás sendo atrasada por aquelas aguas poderosas. Mas isso não iria durar por muito tempo.



De repente Elian sentiu algo estranho. Eles não estavam sozinhos. Das profundezas do rio surgiu-se uma forma esquisita que o impedia de avançar.

-Elian? O que houve? Vamos logo aquele monstro já está perto. -Yana, um pouco mais a frente, fala alto enquanto tenta enxergar algo na escuridão.
-Você não está vendo isso??Olha isso, olha essa agua Yana.
-Você está maluco?Venha logo senão tudo vai dar errado Elian.


Só que ele não deu atenção e continuou a olhar com olhar magnifico para aquela energia de agua que se manifestava na sua frente de uma forma magnifica. Ele começou a ter a sensação de que devia estar esquecendo de algo...algo muito importante. Porém, todos seus pensamentos não duravam um segundo, ele só enxergava aquela deslumbrante Magia a sua frente.

Enquanto isso a criatura começou a chegar mais perto, Yana não sabia o que fazer. Ela era fogo e não podia mergulhar nas aguas encantadas de Shadowtrous, isso era perigoso para Elementais como ela. Mas o que poderia fazer? Elian não escutava, e eles precisavam executar esse processo do Plano para que Shadowtrous pudesse voltar com o reinado de paz.


Até que uma idéia surgiu, e como não tinha tempo de pensar duas vezes, ela resolveu agir. Concentrou suas energias em suas mãos, estendeu os braços onde estava a criatura e soltou raios de fogo na sua direção para chamar sua atenção.

A fera gritou e no mesmo instante saiu da agua indo em direção a garota. Teria que lutar sozinha? Abandonaria Elian? Não! Não podia!
- Elian! Elian! Volte ao normal, estamos em perigo. Elian!
Tudo isso era em vão. O monstro se aproximava dela enquanto levantava suas garras gigantes pronto para destrui-la. Yana soltou mais raios de fogo e ele começava a se irritar cada vez mais. Ela tentou se aproximar de Elian, cautelosamente. Prestava atenção onde pisava e ao mesmo tempo tentava se desviar dos golpes ágeis da criatura.
Ela tentou ferver um pouco da agua onde Elian estava para ver se ele acordava, sabia que isso era perigoso mas mesmo assim tentou, tinha que da certo! E deu! Até que, no momento de sua distração, o monstro estava pronto para pular em cima dela ferozmente, mas Elian na mesma hora que viu essa cena estendeu seus braços na direção de Yana e uma onda enorme se fez com as aguas do rio. Yana na mesma hora soltou suas chamas, aquele fogo de suas mãos era tão feroz e deslumbrante, qualquer um que visse se encantaria com aquela luz, enquanto isso as aguas de Elian eram docemente serenas mas de uma forma assustadora. As chamas da Elemental tocou-se com as aguas do garoto e um vapor enorme se fez entre Yana e o monstro.
-Elian você tá doido? O que foi isso? - O vapor era tao grande que os dois mal se viam.
-Não posso explicar agora, sério. Nós precisamos ir.


Eles começaram a correr enquanto a criatura estava perdida. Eles se sentiram poderosos, havia uma força com eles que era inexplicavel, mas nenhum resolveu comentar nada. Correram bastante, desviaram-se agilmente das Carnívoras, dos espinhos venenosas, das lamas esquisitas e, depois de um tempo, começaram a ouvir o som da criatura. Isso era bom até porque ela precisaria atravessar a floresta da meia noite junto com eles para que o Plano funcionasse. Só que as chamas de Yana estavam se apagando, Elian notou e estranhou.

Até que eles começaram a enxergar luzes no final daquela escuridão, dava para ver um pouco da enorme Lua de Shadowtrous e também os campos. Finalmente tudo ia da certo! Só mais um pouco e Shadowtrous estaria a salvo.
As chamas de Yana estavam cada vez mais fracas, e Elian se preocupava com o que poderia ter esquecido.


Faltava tão pouco para sairem daquele lugar terrivel... A sorte deles era que eles passaram pela floresta correndo muito rápido, e as outras espécies que habitam ali não tiveram tempo de perceber a presença dos dois. Vez ou outra ainda conseguiam ver olhos vermelhos e pegadas estranhas, mas era passageiro.



A luz já era melhor e já estava na frente deles. Assim que sairam da floresta da meia noite os dois continuaram correndo pelos campos com a Lua de Shadowtrous com sua energia magnifica no céu.

Vários outros Elementais estavam reunidos ali, junto com alguns Lendários e os outros que participavam da reta final do Plano. Estavam todos confiantes!


Até que Yana caiu no chão de uma vez...

Elian parou e segurou-a nos braços.
-Venham, agora é com vocês! Tentem finalizar isso! Yana precisa de ajuda.
Um dos Lendários chamado Steven veio correndo com outras pessoas o seguindo:
- Fizeram um bom trabalho, agora pode deixar essa parte com a gente. Vão! Logo! Aquele monstro ta vindo e precisamos executar o Plano.


Elian levou Yana para um lugar mais afastado e seguro. O lugar que só os dois conheciam. Ela estava tão fraca, pensou o garoto. Ele deitou-a na grama fofinha:

-Yana! O que houve? Vou te levar para os xamãs te curarem.
- Elian... -Sua voz estava igualmente fraca- As aguas encantadas da floresta acabaram me tocando no momento em que você acordou e fez aquela maluquice com as aguas...Não sei o que vai acontecer comigo, mas eu devia ter ficado longe daquilo...Aliás..O que era aquilo que você estava vendo?


Então, de repente, no meio daquele dialogo, Elian se lembrou do que havia esquecido. Antes de entrar na floresta, um gnomo apareceu e o falou para tomar cuidado. O jovem Elemental das aguas possuia um grande obstaculo pela frente que seria uma maldição.

A Maldição da Magia!
Elian invadiu aquelas aguas poderosas e isso não poderia ter acontecido. Agora Yana estava em perigo, e isso era a ultima coisa que ele queria que acontecesse. Sabe-se lá o que essa Maldição ainda vai fazer.


O semblante de Elian era de terror, de frustação. As duvidas sobre a paz de Shadowtrous começaram a surgir. Ele poderia arruinar planos, destruir sonhos, tudo por causa disso. Tudo por causa da Maldição da Magia, o poder que todos tanto temem.



-Elian? O que houve? Você está bem?



O garoto deixou seus pensamentos de lado e notou que Yana precisava logo de ajuda. Ele tinha que levá-la aos xamãs, depois deveria sumir ou sabe-se lá o que faria.



-Era eu que deveria ta perguntando isso. Vamos, vou te levar aos xamãs e tudo vai ficar bem.



Ele a colocou novamente nos braços, deu uma ultima olhada para a Lua de Shadowtrous e entrou na Floresta da Luz.




Em processo de revisão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hey! Me deixa um comentário, pode ser no anonimo.
Obrigada pela visita! ^^

♥ ♡ ♩♫♭♪♬ (∩˃o˂∩) (≧∇≦) ~ヾ(^∇^) (ノಠ益ಠ)ノ彡┻━┻ ┬──┬ ノ( ゜-゜ノ) ಠ_ಠ ( ̄。 ̄)~zzz ʘ‿ʘ ಥ⌣ಥ (づ。◕‿‿◕。)づ ヽ(゜∇゜)ノ∑(゜Д゜;) (´・ω・`)( ;´Д`)┐(‘~`;)┌ ( ゚д゚) ☜(⌒▽⌒)☞ (ノ◕ヮ◕)ノ*:・゚✧ ( ・_・)ノ⌒●~* ヽ(*´∀`)人(´∀`*)ノ (`・ω・´)9 (;一_一) ( ̄▽ ̄) ( ͡° ͜ʖ ͡°) (◡﹏◡✿) (⊙﹏⊙✿) (◕﹏◕✿) (◕‿◕✿) (◕︿◕✿) (◡‿◡✿) (⊙‿⊙✿) (⊙︿⊙✿) (⊙△⊙✿) (◡△◡✿) (◕△◕✿) (◠△◠✿) (◕ω◕✿) (⊙ω⊙✿) (◡ω◡✿) (◠ω◠✿) (◠︿◠✿) (◠﹏◠✿) (◠‿◠✿) ★~(◡‿◡✿) ★~(◠‿◕✿) (◡△◡✿) (ノ◕ヮ◕)ノ (ノ◕ω◕)ノ ヽ(゜∇゜)ノ (´・ω・`) ∩(︶▽︶)∩ ( ´ ▽ ` )ノ (・∀・ ) ( ̄(エ) ̄) (✪㉨✪)(╹ェ╹)╮(─▽─)╭ (•⊙ω⊙•) ( ´∀`)☆ (≧ω≦) ( ^▽^ ) (✿◠‿◠) (◡‿◡✿) (◕‿◕✿) (≧◡≦) (¬_¬) (◑‿◐) ✖‿✖ (╥_╥) (╯3╰) (¬‿¬)
(∪ ◡ ∪) (≧ω≦) o(≧o≦)o (─‿‿─) (︶︹︺) (∩︵∩) (。◕‿◕。) (~ ̄▽ ̄)~ (︶ω︶)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...