23/10/2015

Crônica de uma lunática

Enquanto admirava o som dos ventos que faziam as folhas dançarem em harmonia e ao mesmo tempo me bagunçava os cabelos, aquela esfera nua com tamanha intensidade me deixava hipnotizada juntamente com o jazz que sussurrava em meus ouvidos no canto da sala e dava-me aquela vontade contagiante de dançar até o sol nascer.
Mesmo na calada da noite, sentada na pedra de marmore de uma janela com as estrelas que me refletiam no olhar, ela era a única que sabia me ouvir com clareza, mesmo eu nao falando sequer uma gota de palavra. Sou uma lunatica que tenta viver a realidade de uma forma fantástica. Saí do meu mundo de fantasia pra vir acender-me nessa realidade.
Me pegava pensando sobre a vida, e meu pensamento silencioso que era um barulho monstruoso naquela serenidade era compartilhado com ela através de um simples olhar.
Naquela noite, me faltava luz.
Me sentia apenas como a sombra de alguem que tinha brilho próprio. Mas na sua presença, me sentia viva e infinitamente capaz de fazer qualquer coisa.
Até porque o mundo é tão grande para temer tanto, nao é mesmo?
Meu pensamento acaba sendo esbarrado por Frank Sinatra que disse-me querer ir brincar entre as estrelas através de Fly Me To The Moon. E é ai que começo a tentar cantá-la, não notando as poucas pessoas que ainda passavam ali na rua.
"Encha meu coração com música e
Deixe-me cantar sempre mais" Dizia aquela bela letra.
Não me concentrava mais em nada, nem aquelas sombras que passavam rapido na rua sem talvez, um caminho decidido, não me interessavam.
Estava enfeitiçada por tanta beleza que surgia na escuridão. As palhas dos coqueiros que só eram sombras naquela hora, ainda estavam dançando com o vento, mas agora já estava mais calmo, a dança estava sintonizada com a música, e lá longe, mas ao mesmo tempo perto de mim, tantas estrelas me olhavam como se quisessem me dar mais de sua luz.
Por favor, eu necessito de tamanha beleza zorreta como as tuas.
"Manifeste tua capacidade de brilhar, menina". Quase as ouvia dizer.
Conversar com essas colegas misteriosamente populares me fez recarregar as energias, tudo ficou naquele momento com uma vibração melhor no ambiente
A música termina junto com tamanha bagunça de pensamentos utópicos, no final de ambas, com um lindo I Love You.


 "In other words
I, I love, I love you" (Fly Me To The Moon - Frank Sinatra)

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hey! Me deixa um comentário, pode ser no anonimo.

Retribuo todos os comentários e sigo de volta ^^ Mas deixe seu link no final para que eu possa visitar :D

♥ ♡ ♩♫♭♪♬ (∩˃o˂∩) (≧∇≦) ~ヾ(^∇^) (ノಠ益ಠ)ノ彡┻━┻ ┬──┬ ノ( ゜-゜ノ) ಠ_ಠ ( ̄。 ̄)~zzz ʘ‿ʘ ಥ⌣ಥ (づ。◕‿‿◕。)づ ヽ(゜∇゜)ノ∑(゜Д゜;) (´・ω・`)( ;´Д`)┐(‘~`;)┌ ( ゚д゚) ☜(⌒▽⌒)☞ (ノ◕ヮ◕)ノ*:・゚✧ ( ・_・)ノ⌒●~* ヽ(*´∀`)人(´∀`*)ノ (`・ω・´)9 (;一_一) ( ̄▽ ̄) ( ͡° ͜ʖ ͡°) (◡﹏◡✿) (⊙﹏⊙✿) (◕﹏◕✿) (◕‿◕✿) (◕︿◕✿) (◡‿◡✿) (⊙‿⊙✿) (⊙︿⊙✿) (⊙△⊙✿) (◡△◡✿) (◕△◕✿) (◠△◠✿) (◕ω◕✿) (⊙ω⊙✿) (◡ω◡✿) (◠ω◠✿) (◠︿◠✿) (◠﹏◠✿) (◠‿◠✿) ★~(◡‿◡✿) ★~(◠‿◕✿) (◡△◡✿) (ノ◕ヮ◕)ノ (ノ◕ω◕)ノ ヽ(゜∇゜)ノ (´・ω・`) ∩(︶▽︶)∩ ( ´ ▽ ` )ノ (・∀・ ) ( ̄(エ) ̄) (✪㉨✪)(╹ェ╹)╮(─▽─)╭ (•⊙ω⊙•) ( ´∀`)☆ (≧ω≦) ( ^▽^ ) (✿◠‿◠) (◡‿◡✿) (◕‿◕✿) (≧◡≦) (¬_¬) (◑‿◐) ✖‿✖ (╥_╥) (╯3╰) (¬‿¬)
(∪ ◡ ∪) (≧ω≦) o(≧o≦)o (─‿‿─) (︶︹︺) (∩︵∩) (。◕‿◕。) (~ ̄▽ ̄)~ (︶ω︶)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...